Testemunho 8 – Tiago Bonito

“Um bom cozinheiro não trabalha melhor sob pressão. A pressão não vem do grito, vem do profissionalismo. Eu já trabalhei no medo e não me fez bem. A minha postura como chefe é fazer o oposto do que fizeram comigo.” Tiago Bonito, Cozinheiro, Amarante.

Começou a sua carreira como cozinheiro em hotéis a Sul do país. Após algum estágios internacionais, sagra-se Chefe Cozinheiro do Ano, em 2011. Antes de chegar à chefia do Largo do Paço, na Casa da Calçada, passou pelo restaurante Lisboeta, na capital.

Dar a conhecer experiências individuais, ajudar na estruturação de um modelo de trabalho e apoiar as pessoas da área da gastronomia faz parte dos vetores de ação do compromisso Nós As Pessoas.

Atualizado em 16 de Junho, 2021
Partilhar nas redes:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Outros tópicos:
Nós As Pessoas