Nelson Freitas vence S. Pelegrino Young Chef Academy 2023 

No início deste mês, Portugal destacou-se em Milão com duas vitórias históricas no concurso internacional para jovens chefes, o S. Pellegrino Young Chefe Academy. Nelson Freitas, subchefe júnior do Fifty Seconds by Martín Berasategui (uma estrela Michelin), em Lisboa, ganhou a competição entre 15 finalistas regionais. Também Artur Gomes recebeu o Prémio de Responsabilidade Social S. Pellegrino.

Em representação de Espanha e Portugal, Nelson Freitas conquistou o júri, constituído por chefes de renome mundial como Riccardo Camanini, Hélène Darroze, Vicky Lau, Pía León e Nancy Silverton, com o seu prato de assinatura Salmonete crocante, ouriço-do-mar e alho negro caseiropensado em parceria com o mentor Filipe Carvalho, chefe do restaurante Fifty Seconds by Martín Berasategui. Segundo a organização, o português distinguiu-se pelos seus “refinados dotes culinários, pela seleção dos ingredientes e pela beleza do prato, além das fortes mensagens que transmitiu”.

Sobre o prato vencedor, Nelson comenta que “o mais importante era poder transmitir um pouco da tradição e dos sabores portugueses para as pessoas que provassem o prato. Sou de Viana do Castelo, cidade pequena e humilde com ligações fortes ao mar, logo só faria sentido usar o que o mar nos dá.”

Sobre a consagração, o cozinheiro afirma que não estava “minimamente à espera de sair vencedor da competição. Eram todos super talentosos, com excelentes mentores de renome internacional e acima de tudo, excelentes pessoas. Quando anunciaram o meu nome senti tudo! Foi uma explosão de alegria e de conquista que jamais conseguirei esquecer. Fiquei muito contente e claro com um orgulho enorme de poder representar Portugal da melhor maneira num palco internacional”.

Com 28 anos, Nelson formou-se em cozinha e pastelaria na Escola de Hotelaria e Turismo de Viana do Castelo, onde completou estágio em França, no Relais de la Poste, com duas estrelas Michelin e no Algarve, no VIla Joya, com duas estrelas Michelin. Voltou aos estudos para o curso de Gestão e Produção de Cozinha na Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra, voltando de novo a França para o Restaurant Serge Vieira, com duas estrelas Michelin. Volta a Portugal para o Areias do Seixo e depois ruma a Inglaterra onde fez parte da equipa do Purnell´s, com uma estrela Michelin, em Birmingham. Em 2018 regressa novamente a Portugal para integrar a equipa do Fifty Seconds.

Juntamente com o S.Pellegrino Young Chef Academy Award, foram atribuídos outros três prémios especiais. Um deles, S. Pellegrino Social Responsibility Award, foi ganho pelo também cozinheiro português, Artur Gomes, pela mensagem de sustentabilidade transmitida através do seu prato de assinatura, “Aipo Vale das Lobas”. “E um orgulho por ter tido a oportunidade de mostrar o meu trabalho, a minha forma de pensar e a minha ambição de tornar o fine dining numa indústria sustentável do ponto de vista ambiental, financeiro e social”, disse Artur numa entrevista prévia.

Além destes, foram atribuídos os prémios Fine Dining Lovers Food for Thought Award, votado pelos leitores da Fine Dining Lovers, a Ian Goh e Acqua Panna Connection in Gastronomy Award a Liu He-Sen.

A S.Pellegrino Young Chef Academy foi criada para ajudar a descobrir os grandes chefes de amanhã e mostrar-lhes como exprimir todo o seu potencial através de oportunidades de formação, orientação e experiência. Nesta edição houve um recorde de participações com 166 chefes.

PUB

Edições do Gosto

Newsletter EG

Faça parte da comunidade gastronómica.

Junte-se à Comunidade Gastronómica EG

* indicates required
Área de profissão *