DIG-IN apresenta tendências gastronómicas de 2023 e projeções para 2024

Como já é hábito, a DIG-IN apresentou uma retrospetiva de 2023 referente à sua app de descoberta de restaurantes, divulgando ao público vários dados interessantes: desde do tipo de comida mais pesquisado durante este ano pelos utilizadores até ao dia da semana com mais número de pedidos delivery. A par disso, apresenta aquelas que acredita serem as tendências gastronómicas para 2024.

Em 2023, à semelhança do ano anterior, a procura de rooftops e espaços ao ar livre com esplanadas foi crescente e no que toca aos tipos de cozinha mais pesquisados, a vantagem vai para o Sushi que mantém o seu primeiro lugar, seguido do Brunch e da Comida Italiana. Diretamente na app, a pesquisa por Ramen, Francesinha e a Comida Vegetariana e Vegana lideraram as pesquisas.

No Delivery, as grandes protagonistas foram as Pizzas e a Comida Portuguesa, seguidas do já esperado Sushi. As quintas-feiras são o dia da semana preferido dos utilizadores para deixar os tachos de parte e pedir os seus pratos favoritos.

Nas reservas, o destaque vai para Sábado, como dia com mais reservas e o horário preferido dos utilizadores foi às 20h30. E. se o Sábado se destaca como o dia com mais reservas, o domingo é o dia de partilhar e deixar reviews, que no geral destacaram positivamente a comida, os espaços e o atendimento. O Parque das Nações, em Lisboa, ganhou o prémio de área com mais opiniões em 2023.

O modelo PRO também brilhou, especialmente nos espaços de Brunch com o Choupana Caffé e o Hygge Kaffé a liderarem em Lisboa e o Eleven Lab Concept – River, no Porto.

Agora, um facto curioso: no Top 100 de Pesquisas da app deste ano, as palavras “Bacalhau” e “Halal” fazem parte.

2024: O que vem aí no próximo ano?

A DIG-IN acredita que “a crescente interesse pelas opções veganas e pela vertente sustentável dos restaurantes já não é novidade e prevê-se que assim permanecerá. A ele junta-se ainda a preocupação dos food lovers em escolher espaços que apresentem menus variados e nutritivos, de forma a preservarem cada vez mais a sua saúde”, pode ler-se em comunicado.

Mariana Boavida, Head of PR & Marketing da DIG-IN, acrescenta ainda que o próximo ano trará também “o interesse na informação mais pormenorizada dos alimentos e claro, a chegada da Inteligência Artificial às experiências gastronómicas, quer seja na procura e descoberta de sugestões na app, quer seja nos próprios restaurantes que apostam cada vez mais em oferecer experiências interativas aos seus clientes.
Para quem trabalha com a restauração, a informação tem sido cada vez mais valorizada, prevendo-se que em 2024 o interesse pela Data vá crescer, a par com a sua qualidade que tem também aumentado. Aqui, destaca-se também uma maior digitalização da restauração para facilitar processos e garantir a maior qualidade dos dados.”

Para mais informações, clique aqui.

PUB

Edições do Gosto

Newsletter EG

Faça parte da comunidade gastronómica.

Junte-se à Comunidade Gastronómica EG

* indicates required
Área de profissão *