Villa Oeiras, o generoso de Carcavelos

Marquês de Pombal foi um dos seus maiores impulsionadores, produzindo-o sua quinta de Oeiras. O vinho generoso de Carcavelos, inserido na região Demarcada do Vinho de Carcavelos (DOC), é um vinho marcado pelas características naturais da região: terrenos calcários com declives voltados para sul, com temperaturas amenas e ventos de norte a subtrair a humidade marítima.

O Vinho de Carcavelos Villa Oeiras caracteriza-se por ser um vinho licoroso, delicado, de cor topázio, aveludado, com aroma amendoado, adquirindo um perfume característico com o envelhecimento. As suas castas são galego dourado, ratinho e arinto (pedemã) para as castas brancas e castelão (piriquita), preto-marinho para as tintas. O seu estágio é feito em madeira de carvalho francês e português e deve ter uma duração mínima de cinco anos.

Desde o ano de 2001 que a sua produção é gerida pela Câmara Municipal de Oeiras em parceria com o Instituto Nacional de Investigação Agrária. “Este é um projeto de recuperação, preservação e revitalização do património e que se traduz num investimento do município em mais de três milhões de euros associados à recuperação das adegas e do património edificado, processos de vinificação, equipamentos de apoio à produção, plantação de nova vinha e produção e promoção da marca Villa Oeiras. Os frutos financeiros deste investimento revertem para a recuperação de património histórico em Oeiras assim como para a manutenção e sustentabilidade do Vinho de Carcavelos Villa Oeiras.”, pode ler-se na página oficial da marca.

Mais informações aqui.

Edições do Gosto

Newsletter EG

Faça parte da comunidade gastronómica.

Junte-se à Comunidade Gastronómica EG

* obrigatorio