alana mostachio

Sem Espinhas: Alana Mostachio

Sem Espinhas é uma rubrica que dá a conhecer primeiro a pessoa, depois o profissional. Guilty pleasures, refeições estranhas e ingredientes improváveis são temas que fazem parte deste questionário. A convidada de estreia chama-se Alana Mostachio e nos últimos três anos chefiou o restaurante VDB Bistronomie, em Lisboa.

Se não fosses cozinheira o que terias sido? Apesar de ter estudado nutrição, gostava muito de ter sido veterinária de animais de grande porte

Qual é aquela receita que nunca te sai bem? Uma receita da minha bisavó: mantecal (bolacha de banha de porco, açúcar e água). Ela faz muito bem e já me tentou ensinar várias vezes, mas quando faço nunca sai perfeita como o dela.

Que ingredientes improváveis resultam muito bem? Morango, gambas e algas.

Qual foi a refeição mais estranha que já tiveste? Estava num bistrô tradicional em França e o empregado de mesa sugeriu-nos rins de vaca. Não sou esquisita, gosto de provar tudo e sou muito curiosa! Mas estes rins vieram com um odor bem intenso de urina que foi impossível de comer.

A primeira vez que cozinhaste, preparaste o quê? Tornei-me “mestre” em reinventar noodles instantâneos (o famoso miojo, no Brasil). Tornou-se uma brincadeira quando em criança, todos os domingos, eu inventava uma receita diferente e fazia uma panelada para os meus irmãos e amigos. Ficavam tão bons que até os nossos pais e os seus amigos começaram a comer também. 

O que comes depois do serviço? Depende. Há dias que é uma sandes, uma sopa ou apenas um chocolate.

Qual é o teu maior guilty pleasure? Adoro comer cheetos e hotdogs. Sei bem o quanto não faz bem mas não consigo resistir.

Qual o maior erro que já cometeste numa cozinha? Foram já tantos que é difícil escolher um. Um deles foi deixar sacos de cerejas a fermentar demasiado, não esvaziá-los e ir-me embora. Quando voltei claro que tinha explodido. A cozinha parecia uma cena de crime.

A quem confiarias a tua cozinha por um dia? Penso em duas pessoas: Marcella Ghirelli e Mirna Gomes

Qual é o restaurante que gostavas de ter mas não é teu? ARREA!, em Santikurutze Kanpezu, Espanha.

Foto: Filipe Vera-Cruz

Edições do Gosto

Newsletter EG

Faça parte da comunidade gastronómica.

Junte-se à Comunidade Gastronómica EG

* indicates required
Área de profissão *