Nós As Pessoas: Bruno Oliveira

Passou pelas cozinhas de várias unidades hoteleiras, como o grupo SANA, em Lisboa e em Luanda. E também pelo Hotel Casino Chaves, Praia d’El Rey Marriott Golf & Beach Resort, Hotel Dona Filipa e Pine Cliffs Resort Luxury Collection Resort. Antes de aceitar o recente desafio de chefiar o Hotel Valverde, em Lisboa, Bruno Oliveira foi chefe executivo do Sheraton Cascais Resort & Hotel, na capital.

Qual a melhor forma de aliviar o stress após uma semana de trabalho?  

Por norma gosto de o fazer de três formas. Quando chego a casa, gosto de saborear um bom vinho sentado no sofá e pensar naquela que foi mais uma semana fantástica.

Depois, é importante passar o domingo com os meus filhos, ir ao parque com eles e almoçar em algum fast-food a pedido da minha filha mais velha.

Também gosto de ir ao ginásio para descarregar as velhas energias e e renovar a bateria para uma nova semana.

O que fazes para descontrair e motivar a tua equipa? 

Para mim o diálogo e a frontalidade com as equipas é sem duvida o principal. Há que perceber o que vou falar em grupo ou o que vou falar individualmente.

Depois tenho sempre um cuidado de estar atento aos níveis anímicos de cada um e de os relembrar o nosso propósito na cozinha (que passa por respeitar o cliente, o produto e fazer boa comida). Cozinheiros felizes fazem clientes satisfeitos!

Qual o teu guilty pleasure gastronómico depois de um serviço desafiante?

Atualmente trabalho na Avenida da Liberdade, em Lisboa, e há um sítio cujo nome não vou dizer (ahah) que tem um deli bar fantástico!

Foto: Theo Gould

PUB

Edições do Gosto

Newsletter EG

Faça parte da comunidade gastronómica.

Junte-se à Comunidade Gastronómica EG

* indicates required
Área de profissão *